Decoração e design de casamentos: contacto com os noivos

Ao longo do processo, os noivos passam a ser meus amigos. Não consigo vê-los como uma mera relação comercial. Enquanto decoradora e designer de casamentos, é difícil não me envolver emocionalmente em todo o processo. Afinal, estamos a falar do universo dos casamentos. É fundamental sentir que temos esta ligação para o trabalho se desenvolver de uma forma mais natural.

Quando conheço os noivos pela primeira vez costumo dizer: “se sentem que o tico deles não bateu com o meu teco é porque eu não sou a pessoa certa para os ajudar”. Em tom de brincadeira, claro!

O mesmo acontece ao contrário. Para eu criar e me sentir livre no processo criativo, necessito, também, de sentir conexão com os noivos. E não existe problema nenhum caso não exista.

Em que momentos concretos contacto com os noivos?

Num serviço completo de decoração e design de casamentos, são vários os emails, telefonemas, reuniões no atelier ou videochamadas. Há várias fases no processo e muitos detalhes a aprovar.

Neste tipo de serviço o meu primeiro objetivo é tirar qualquer preocupação aos noivos. O planeamento é da minha responsabilidade. Quando reúno com os noivos levo apenas o que é mais importante e coloco em cima da mesa tudo o que devem saber. Depois, os noivos tomam uma decisão.

Querem perceber melhor como é a relação com os meus noivos? Não há melhor exemplo do que quando me ligam a dizer: “fada madrinha já nasceu o nosso bebé. Está na hora de organizares o batizado”. Primeiro, sim sou a sua fada madrinha. Segundo, aí sei que pertenço à família. E que alegria saber esta notícia!

Não há maior reconhecimento do meu trabalho que os noivos continuarem a incluir-me nas suas vidas.

Por isso é que a primeira reunião é tão importante neste contacto com os noivos. Gostavam de saber porquê? Explico neste artigo.

error:
× Posso ajudar?